Fontes públicas em Londres

Fontes de água: diversão garantida no verão

Quem acompanha as notícias sobre as olimpíadas deve saber bem que as temperaturas continuam altas aqui em Londres. Para aproveitar a onda de calor, hoje eu e a Sofia fomos numa fonte pública que tem num parque perto de casa.

Em vários pontos da cidade, no verão, há fontes de água disponíveis para as pessoas se refrescarem. Tem de diversos tipos, mas o certo é que as crianças são as que mais curtem.

Para quem quiser saber onde encontrar fontes públicas em Londres, a Time Out tem uma lista aqui.

Praia artificial em Londres

Sofia fazendo castelos de areia em Camden Town

O verão finalmente deu as caras aqui em Londres e para aproveitar ao máximo o sol ontem nós fomos na Camden Beach, uma das praias artificiais temporárias aqui da Inglaterra.

O local foi inaugurado recentemente na Roundhouse, um espaço para eventos em Camden Town, noroeste de Londres. Num grande terraço foram colocadas 150 toneladas de areia, espreguiçadeiras, guarda-sóis e palmeiras.

É covardia comparar o lugar com uma praia de verdade, mas nós adoramos o passeio. É uma ótima alternativa para quem quer sentir um clima mais tropical sem sair de Londres.

O público é bem variado. Vale a pena levar as crianças para brincar na areia. A entrada é gratuita e dá para comprar comida e bebida no local.

Tempo bom para estar grávida

Cheguei ontem no trabalho com um cabelão estilo Gal Costa nos anos 70

Eu vou ter um bebê no auge do verão e provavelmente não vou sofrer por causa do calor. Durante as férias na Espanha, quando eu dizia que o nascimento está previsto pra agosto, verão no hemisfério norte, as pessoas lamentavam por mim até descobrirem que eu moro em Londres.

Faz dias que está chuvoso e friozinho aqui. Na verdade, esta é mais uma primavera em os apresentadores de previsão do tempo usam bem mais a expressão “miserable weather” do que “glorious sunshine” (algo como tempo miserável e sol glorioso). Recentemente houve recorde de chuva e de vento e a estimativa é que o tempo permaneça instável nas próximas semanas.

Seu eu pudesse escolher, Londres  teria muito mais dias de sol e de temperaturas amenas, mas estou tentando enxergar alguma coisa positiva nesse tempo nublado que parece não ter fim. Espero estar enganada, mas se for como a minha gravidez anterior eu devo suar e me sentir inchada em poucas ocasiões.

A Sofia nasceu em setembro e lembro que quase não usamos um ventilador que compramos antecipando o calor que eu iria passar. Claro, eu sentia mais do que as outras pessoas por causa do meu barrigão e o metrô parecia um forno nos dias de temperaturas mais altas, mas isso não durou muito. Acabamos nos desfazendo do ventilador logo que chegou o outono pra liberar espaço na casa.