Pêssegos achatados

Pêssegos Paraguai (flat peaches) estão em alta

O Brasil ganha disparado do Reino Unido em termos de qualidade e variedade de frutas, na minha opinião.

Com o tempo aprendi o que vale e o que não vale a pena comprar em Londres e hoje me atrevo a dizer que em alguns casos o que encontramos aqui é melhor do que eu costumava consumir em Porto Alegre.

Saturn Peaches, também conhecidos como Doughnut ou Flat Peaches (Pêssegos Paraguai, em português), estão entre os mais consumidos aqui em casa ultimamente. Eles são doces, suculentos e chamam a atenção da Sofia por causa do formato.

Morangos, framboesas, mirtilos (blueberries), cerejas, nectarinas, uvas e maçãs também fazem parte da minha lista de preferidos em solo britânico. Assim como a maioria dos produtos consumidos na Inglaterra, muitas das frutas e verduras são importadas.

É engraçado ver coisas comuns para nós, brasileiros, na seção das frutas exóticas. Um exemplo é o mamão, que eu já desisti de comprar. É geralmente vendido bem verde e pode custar até 2,00 libras (R$ 6,28) a unidade.

Leia também: Framboesas

Passeio de barco em Porto Alegre

Um dos passeios que fizemos durante as férias no Brasil e que eu recomendo é a travessia de catamarã entre Porto Alegre e Guaíba.

É uma boa opção pra quem tem crianças. O trajeto dura 20 minutos. O barco é estável, tem ambiente climatizado, poltronas para todos os passageiros, além de banheiro.

Em Porto Alegre, o catamarã sai do armazém B3 do Cais Mauá, centro. De Guaíba, é pelo terminal hidro-rodoviário, no final do calçadão.

A passagem custa R$ 6,50 de segundas a sextas-feiras e R$ 7 aos sábados, domingos e feriados.

Leia também: Tudo certo

Férias no Brasil

Porto Alegre na beira do Guaíba

Hoje à noite nós vamos embarcar pro Brasil. Chegaremos em Porto Alegre amanhã de manhã. Que maravilha!

Não vejo a hora de encontrar a família e os amigos. Saudade de todo mundo! Os últimos dias, como vocês sabem, foram intensos, portanto um período de descanso é bem-vindo.

A Sofia tá super empolgada com as férias. Já faz tempo que ela tá se preparando pra temporada de praia e piscina. Ela anda pra lá e pra cá com a boia dela e nada tanto na água quanto no ar.

Não tive muito tempo para preparar as malas mas sei que se faltar alguma coisa não será problema. Imagino espero que a gente consiga dormir bem no avião já que o dia hoje vai ser cheio – eu e o Rodrigo vamos trabalhar enquanto a Sofia vai pra creche. Depois eu conto pra vocês como foi.

Leia também: Primeiro Carnaval e Dicas para viajar de avião com bebê ou criança