Praia artificial em Londres

Sofia fazendo castelos de areia em Camden Town

O verão finalmente deu as caras aqui em Londres e para aproveitar ao máximo o sol ontem nós fomos na Camden Beach, uma das praias artificiais temporárias aqui da Inglaterra.

O local foi inaugurado recentemente na Roundhouse, um espaço para eventos em Camden Town, noroeste de Londres. Num grande terraço foram colocadas 150 toneladas de areia, espreguiçadeiras, guarda-sóis e palmeiras.

É covardia comparar o lugar com uma praia de verdade, mas nós adoramos o passeio. É uma ótima alternativa para quem quer sentir um clima mais tropical sem sair de Londres.

O público é bem variado. Vale a pena levar as crianças para brincar na areia. A entrada é gratuita e dá para comprar comida e bebida no local.

A primeira visita à casa da rainha

Eu não imaginava que uma ida ao Palácio de Buckingham renderia tanto assunto. Depois de visitar o ponto turístico pela primeira vez, a Sofia passou horas comentando sobre “a casa da rainha”.

Guarda real

Ela se impressionou com a grandiosidade do lugar e adorou ver os guardas reais trocando de posição e marchando. Com o rostinho entre as grades dos portões, ela nos perguntava se a rainha, se alguma princesa ou príncipe estariam por trás daquelas cortinas.

Aquela pompa toda lembra muito as histórias infantis. Acho impossível observar os guardas da rainha e não achar graça daquele teatro todo.

Enfim, o passeio aconteceu meio que por acidente – nós estávamos indo encontrar uns amigos lá perto – mas valeu a pena. Chegando em casa, aproveitamos pra mostrar pra Sofia algumas fotos da família real britânica e um vídeo da troca da guarda.

Ontem foi anunciado que a rainha Elizabeth II irá aparecer num dos episódios do desenho animado Peppa Pig (A Porquinha Peppa). A porquinha vai visitar o Palácio de Buckingham e as duas vão pular em poças de lama, atividade predileta da família da Peppa.

O programa, a ser exibido no mês que vem, busca envolver as crianças nas atividades do Jubileu de Diamante, que marca 60 anos da rainha no poder. Esta será a primeira vez que um personagem humano aparece na série de televisão.

Rainha e turma da Peppa Pig pulando numa poça de lama

Leia também: London Eye com crianças e A maior loja de brinquedos do mundo

Stonehenge pula-pula

O pula-pula tem pedras infláveis de seis metros de altura

Ontem eu cobri a coletiva de imprensa do Festival London 2012, uma série de eventos culturais no Reino Unido que coincidem com as Olimpíadas e Paraolimpíadas de Londres. Entre as atrações anunciadas, a que me pareceu mais interessante para ir com crianças é Stonehenge pula-pula.

A obra do artista Jeremy Deller tem como modelo o monumento pré-histórico Stonehenge, um círculo de pedras que fica na planície de Salisbury, sul da Inglaterra. As pedras infláveis têm seis metros de altura.

O pula-pula é aberto ao público e agora está em Glasgow, na Escócia. Em breve, ele fará um tour pelo Reino Unido. Espero que passe por Londres.

Leia também: London Eye com crianças e Estátua de menino em vez de herói de guerra em Londres

London Eye com crianças

Andei na London Eye pela primeira vez essa semana. Eu nunca tinha feito questão de ir, achava que era daqueles passeios pra turistas que não valia a pena fazer, mas me surpreendi. É muito bonito ver Londres das alturas.

Eu também tinha dúvidas de que este seria um bom passeio pra se fazer com criança pequena, mas não tivemos problemas. A Sofia ficou impressionada com a experiência.

As cápsulas da imensa roda gigante são espaçosas, nada claustrofóbicas. Elas tem um banco no meio e as pessoas podem circular livremente em volta. Nós ficamos junto com um grupo pequeno, o que permitiu que as crianças ficassem mais à vontade. É possível levar carrinho desde que esteja dobrado.

O passeio dura meia hora, tempo que a roda leva para dar uma volta. Ela gira devagar, permitindo que a gente consiga apreciar bem a vista e fotografar com calma. Como dá pra ver pelas fotos abaixo, nós fomos num dia chuvoso. A paisagem cinzenta é característica de Londres, não adianta.

Apesar das filas, conseguimos comprar os ingressos e embarcar em poucos minutos. Antes do passeio na roda, a gente assiste a um vídeo 4D que é bem interessante. A Sofia adorou “ir ao cinema” de óculos. Aqui tem informações sobre os ingressos.

Leia também: Estátua de menino em vez de herói de guerra em LondresA primeira visita à casa da rainha

Passeio de barco em Porto Alegre

Um dos passeios que fizemos durante as férias no Brasil e que eu recomendo é a travessia de catamarã entre Porto Alegre e Guaíba.

É uma boa opção pra quem tem crianças. O trajeto dura 20 minutos. O barco é estável, tem ambiente climatizado, poltronas para todos os passageiros, além de banheiro.

Em Porto Alegre, o catamarã sai do armazém B3 do Cais Mauá, centro. De Guaíba, é pelo terminal hidro-rodoviário, no final do calçadão.

A passagem custa R$ 6,50 de segundas a sextas-feiras e R$ 7 aos sábados, domingos e feriados.

Leia também: Tudo certo

Início de primavera em Londres

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja também: É primavera

Estátua de menino em vez de herói de guerra em Londres

estátua de menino no cavalinho

Vi a estátua de bronze acima essa semana na Trafalgar Square, centro de Londres. O menino e o cavalo de balanço, que medem 4,1m, são criação de Elmgreen e Dragset.

Em vez de exaltar um herói militar, a obra contemporânea representa as batalhas que enfrentamos para crescer.

A criança esculpida está numa fase em que ainda não tem muitas preocupações, medos, nem inimigos, dizem os artistas escandinavos. Eles esperam que as próximas gerações não produzam muitos monumentos de guerra – eu também espero!

A estátua ficará no local, que é um dos pontos turísticos de Londres, durante este ano.

Leia também: London Eye com crianças e Stonehenge Pula-pula 

A maior loja de brinquedos do mundo

Essa semana eu visitei a Hamleys, que diz ser a maior loja de brinquedos do mundo. A matriz deles, na Regent Street, centro de Londres, recebe cerca de 5 milhões de visitantes por ano. São 5.000 m² divididos em sete andares.

Leia também: London Eye com crianças e A primeira visita à casa da rainha

Dicas para viajar de avião com bebê ou criança

Viajar de avião com bebê ou criança não precisa ser traumático. Planejamento e uma boa dose de paciência são essenciais para que tudo corra bem.

A Sofia já fez viagens curtas e longas. Voamos só nós duas e também com mais gente.

Fiquei apreensiva antes de embarcarmos pela primeira vez e li o máximo que pude sobre o assunto. A viagem é cansativa, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. Aqui vão dicas testadas e aprovadas por nós:

Escolhendo a companhia aérea

  • Dê preferência a trajetos com poucas escalas se o orçamento permitir. No caso de longas distâncias, opte por voos noturnos.
  • Se a criança for pequena, verifique se a companhia disponibiliza berço. Os limites de tamanho e peso variam, mas é mais ou menos 70-75cm de comprimento e 10-11kg .
  • Algumas companhias permitem que se leve cadeirinha de carro na cabine do avião.

No aeroporto

  • Faça tudo com ainda mais antecedência.
  • Para o check-in e imigração, veja se há fila preferencial para aqueles acompanhados de crianças. Na Inglaterra, isso praticamente não existe.
  • A passagem de criança de menos de dois anos não dá direito a assento. Pergunte ao funcionário do check-in se o avião está muito cheio, explique sua situação e peça, com muito jeito, se ele poderia bloquear um lugar a seu lado para que a criança possa usar.
  • Eu recomendo levar carrinho se a criança for pequena. É permitido ficar com ele até a porta do avião.

Bagagem de mão

  • Quanto mais descomplicado, melhor. Organize bem a bolsa ou mochila para que fique tudo a mão. Lembre-se de que o espaço é limitado dentro do avião, inclusive no banheiro onde fica o trocador.
  • Leve uma muda de roupa. E se a criança chupar bico (chupeta), leve várias. É fácil de perder.
  • Confira se a companhia aérea fornece refeições especiais para bebês ou crianças. De qualquer forma, leve os lanches preferidos de seu filho, além de bebida.
  • Se for sair do país sem o pai da criança, não se esqueça de levar autorização.

Distrações

  • Leve alguns brinquedos favoritos e outros novos ou mesmo já esquecidos. Dê preferência aos portáteis, fáceis de manusear e que possam distrair o pequeno pelo máximo de tempo possível. Evite bolas ou brinquedos com muitas peças que caiam no chão facilmente. Tire um por um para que criança curta bastante cada novidade.
  • Ler, colorir ou brincar com adesivos pode ser uma boa distração.
  • Ajuda muito levar um laptop com filmes ou desenhos animados. Aplicativos do celular também vão bem.

Para o voo

  • Sei que muitos não concordam, mas acho melhor embarcar por último. Deixe que a criança gaste energia na sala de embarque enquanto der. Só aconselho entrar na frente caso não haja lugar marcado.
  • Durante decolagem e pouso, amamente ou ofereça o bico, se for o caso. Isso alivia a pressão nos ouvidos.
  • Se possível, passeie com a criança nos corredores do avião ou permita que ela caminhe se possível.

Tenha sempre em mente

  • Muita paciência e tolerância.
  • Encare tudo como uma aventura. Seja positiva, a criança se guia muito por suas reações.
  • Não se esqueça de sorrir, repetir muitas vezes “com licença”, “por favor” e “obrigado”. É importante ter funcionários e demais passageiros do seu lado.
  • Ignore olhares de reprovação. Só você sabe como lidar com seu filho. No entanto, aceite ajuda quando necessário.
  • Jogo de cintura é essencial. Abra exceções, permita que a criança assista a mais tempo de desenho animado ou então coma mais doces. São minutos preciosos de tranquilidade que se ganha.
  • Seja realista, não espere dormir muito. Avise amigos e familiares que precisará de ajuda no destino final.

Boa sorte!

Leia também: Companheiro de viagem

Decorações de Natal no centro de Londres