Olimpíadas da janela de casa

Estádio de Wembley hoje, visto da nossa sala.

Fontes públicas em Londres

Fontes de água: diversão garantida no verão

Quem acompanha as notícias sobre as olimpíadas deve saber bem que as temperaturas continuam altas aqui em Londres. Para aproveitar a onda de calor, hoje eu e a Sofia fomos numa fonte pública que tem num parque perto de casa.

Em vários pontos da cidade, no verão, há fontes de água disponíveis para as pessoas se refrescarem. Tem de diversos tipos, mas o certo é que as crianças são as que mais curtem.

Para quem quiser saber onde encontrar fontes públicas em Londres, a Time Out tem uma lista aqui.

Praia artificial em Londres

Sofia fazendo castelos de areia em Camden Town

O verão finalmente deu as caras aqui em Londres e para aproveitar ao máximo o sol ontem nós fomos na Camden Beach, uma das praias artificiais temporárias aqui da Inglaterra.

O local foi inaugurado recentemente na Roundhouse, um espaço para eventos em Camden Town, noroeste de Londres. Num grande terraço foram colocadas 150 toneladas de areia, espreguiçadeiras, guarda-sóis e palmeiras.

É covardia comparar o lugar com uma praia de verdade, mas nós adoramos o passeio. É uma ótima alternativa para quem quer sentir um clima mais tropical sem sair de Londres.

O público é bem variado. Vale a pena levar as crianças para brincar na areia. A entrada é gratuita e dá para comprar comida e bebida no local.

Pianos nas ruas de Londres

Um dos 50 pianos disponíveis ao público nas ruas de Londres

Londres é surpreendente. Sei que parece clichê, mas foi o que eu pensei ontem ao chegar no centro para ir trabalhar. Dei de cara com um dos pianos que estão à disposição do público nos principais pontos da cidade.

No intervalo do almoço fui numa praça e achei outro piano. Comi com música ao vivo de graça. Enquanto eu estava lá, várias pessoas se revezaram no instrumento da foto, tocando um repertório bem variado.

Os 50 pianos ficarão nas ruas de Londres até o dia 13 de julho e fazem parte do City of London Festival.

Leia também: Estátua de menino em vez de herói de guerra em Londres e Stonehenge pula-pula

Passeios no cemitério

Eu nunca tinha pensado muito no fato de gostar de passear com a Sofia num cemitério até ela apontar para uma das sepulturas e me perguntar o que era. Ela se contentou com uma breve explicação e nós seguimos caminhando.

O Cemitério de Hampstead fica próximo ao parque onde sempre vamos e é frequentado por adultos e crianças. Depois de brincar na pracinha, nós geralmente andamos pelo passeio público que corta o cemitério e circulamos pelas áreas onde ficam os túmulos. É bem espaçoso e tranquilo.

Muitos cemitérios são considerados pontos turísticos aqui na Europa, mas esse que frequentamos é usado principalmente pela comunidade local. Acho que tenho fotos do lugar em todas as estações do ano. Adoro observar as árvores, os passarinhos, os esquilos, além da arquitetura.

Só recentemente é que fui descobrir que se trata de um cemitério histórico. Ele foi fundado em 1876 e tem duas capelas de estilo gótico que são protegidas por lei pelo sistema de tombamento britânico. A área toda ocupa 26 acres (0,11 km2), cerca de 60.000 pessoas estão enterradas lá e não há mais espaço para sepulturas.

Vejam algumas fotos recentes:

Leia também: Até onde poupar os filhos?

Tempo bom para estar grávida

Cheguei ontem no trabalho com um cabelão estilo Gal Costa nos anos 70

Eu vou ter um bebê no auge do verão e provavelmente não vou sofrer por causa do calor. Durante as férias na Espanha, quando eu dizia que o nascimento está previsto pra agosto, verão no hemisfério norte, as pessoas lamentavam por mim até descobrirem que eu moro em Londres.

Faz dias que está chuvoso e friozinho aqui. Na verdade, esta é mais uma primavera em os apresentadores de previsão do tempo usam bem mais a expressão “miserable weather” do que “glorious sunshine” (algo como tempo miserável e sol glorioso). Recentemente houve recorde de chuva e de vento e a estimativa é que o tempo permaneça instável nas próximas semanas.

Seu eu pudesse escolher, Londres  teria muito mais dias de sol e de temperaturas amenas, mas estou tentando enxergar alguma coisa positiva nesse tempo nublado que parece não ter fim. Espero estar enganada, mas se for como a minha gravidez anterior eu devo suar e me sentir inchada em poucas ocasiões.

A Sofia nasceu em setembro e lembro que quase não usamos um ventilador que compramos antecipando o calor que eu iria passar. Claro, eu sentia mais do que as outras pessoas por causa do meu barrigão e o metrô parecia um forno nos dias de temperaturas mais altas, mas isso não durou muito. Acabamos nos desfazendo do ventilador logo que chegou o outono pra liberar espaço na casa.

Feriadão para lembrar a rainha

É feriado hoje e amanhã aqui no Reino Unido em comemoração ao Jubileu de Diamante da rainha Elizabeth II. Londres e outras cidades estão com uma programação intensa de atividades culturais.

A popularidade da família real britânica parece ter aumentado com o tour que a rainha fez nos últimos meses pra marcar seu 60º aniversário no trono e com as aparições públicas de Kate Middleton. Dá pra reparar que grande parte da mídia anda fazendo uma campanha nacionalista. Vi até documentário de TV com o príncipe Charles, que tá longe de ser queridinho dos britânicos.

Nas ruas, muitas bandeiras e imagens que lembram a monarquia. O comércio está fazendo de tudo para aproveitar a oportunidade, ainda mais que a economia está em recessão. Lojas e supermercados estão usando muito vermelho, azul e branco na decoração e disponibilizando uma infinidade de produtos com o tema. Um exemplo é a lata de biscoitos acima.

As crianças também são encorajadas a participar das celebrações. Na sexta-feira fui com a Sofia numa festa na escolinha dela em homenagem ao Jubileu. Alguns coleguinhas sentaram à mesa usando coroas de papel.

O logo oficial dos 60 anos da rainha no trono (imagem ao lado) foi criado por uma menina de 10 anos chamada Katherine Dewar. O desenho dela foi o vencedor de um concurso nacional para crianças e adolescentes entre seis e 14 anos. Livros infantis e desenhos animados, como eu conto aqui, também entraram na onda.

De volta a Londres

Estamos de volta. As férias foram ótimas! Todos nós aproveitamos bastante.

Só passei pra deixar um beijo e pra postar essa foto. Logo escrevo mais sobre as nossas férias em Tenerife. Espero que estejam todos bem. :-)

Desejando boa noite em plena luz do dia

Sol se põe depois das 21h no verão em Londres

Eu não canso de dizer o quanto adoro ter dias longos tanto na primavera quanto no verão em Londres, bem diferente daquela escuridão do outono e do inverno. Tem amanhecido logo depois das 5h e anoitecido pouco antes das 21h nesta época do ano.

No auge do verão londrino, o sol nasce precisamente às 04h43 e se põe às 21h21, de acordo com estimativas. É ótimo sair do trabalho no final da tarde e ainda ter horas de sol pela frente.

Eu só acho estranho colocar a Sofia na cama e desejar boa noite em plena luz do dia. Quando ela era bebezinha, ela costumava ir dormir lá pelas 19h e agora ela geralmente vai entre 20h e 20h30, às vezes um pouco mais tarde.

Quando o tempo está nublado até que não fica tão evidente o fato de que ainda é dia, mas quando tem sol às vezes ela me avisa que ainda não está escuro. Nos dois verões anteriores, não tivemos grandes problemas com isso. Apesar de tentar manter o quarto o mais escuro possível, nós não precisamos mudar a rotina em função da claridade.

Este ano, ela custou a pegar no sono algumas vezes e acordou mais cedo do que de costume alguns dias. Nós achamos que deve ser por causa da luz e por isso queremos reforçar ou então mesmo trocar as cortinas do quarto dela.

Vi que tem várias opções de cortinas blackout na internet. Vocês têm alguma sugestão?

A primeira visita à casa da rainha

Eu não imaginava que uma ida ao Palácio de Buckingham renderia tanto assunto. Depois de visitar o ponto turístico pela primeira vez, a Sofia passou horas comentando sobre “a casa da rainha”.

Guarda real

Ela se impressionou com a grandiosidade do lugar e adorou ver os guardas reais trocando de posição e marchando. Com o rostinho entre as grades dos portões, ela nos perguntava se a rainha, se alguma princesa ou príncipe estariam por trás daquelas cortinas.

Aquela pompa toda lembra muito as histórias infantis. Acho impossível observar os guardas da rainha e não achar graça daquele teatro todo.

Enfim, o passeio aconteceu meio que por acidente – nós estávamos indo encontrar uns amigos lá perto – mas valeu a pena. Chegando em casa, aproveitamos pra mostrar pra Sofia algumas fotos da família real britânica e um vídeo da troca da guarda.

Ontem foi anunciado que a rainha Elizabeth II irá aparecer num dos episódios do desenho animado Peppa Pig (A Porquinha Peppa). A porquinha vai visitar o Palácio de Buckingham e as duas vão pular em poças de lama, atividade predileta da família da Peppa.

O programa, a ser exibido no mês que vem, busca envolver as crianças nas atividades do Jubileu de Diamante, que marca 60 anos da rainha no poder. Esta será a primeira vez que um personagem humano aparece na série de televisão.

Rainha e turma da Peppa Pig pulando numa poça de lama

Leia também: London Eye com crianças e A maior loja de brinquedos do mundo