A imaginação nas brincadeiras

Não precisa muita coisa para criar uma cobra e uma coruja

A imaginação tem sido um ingrediente importante nas brincadeiras da Sofia nos últimos tempos. É divertido observar as ideias que ela tem e entrar nas viagens dela.

Esses dias eu abri um iogurte e parte do rótulo ficou grudada no pote. Foi o suficiente pra ela enxergar a carinha de uma menina a partir das sementes de morango.

Depois que ela me mostrou os olhinhos e o nariz eu até consegui visualizar um rosto. Isso me remeteu às viagens de carro na minha infância, quando eu e a minha irmã ficávamos imaginando que os carros tinham rostos.

Tenho presenciado várias aventuras da Sofia, mesmo sem sair de casa. As brincadeiras estão ficando mais criativas, mais complexas.

O sofá da sala muitas vezes é um ônibus ou um trem. Qualquer pedaço de chão vira um vasto gramado ou um oceano num passe de mágica. E objetos, utensílios em geral, até mesmo dinheiro, surgem nas mãos dela sempre que ela imita o som de um clique. Já vi ela fazer o papel de mãe, de filha, de professora, de médica, de bombeira, sem falar dos animais que ela imita.

Tem um programa de televisão que às vezes assistimos chamado Show me show me que explora bastante a criatividade e o mundo do faz de conta. Foi de lá que copiamos a ideia de fazer os animais da foto.

Leia também: Coisas simples da vida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s