As cinco piores dicas para pais

Criança exausta: mais chances de xiliques

Eu já pedi muitos conselhos sobre maternidade, consultei livros, revistas, folhetos, sites e blogs a respeito de gestação, bebês e crianças. Tirei uma série de dúvidas e ainda tenho muito pra aprender.

Só que no meio disso tudo vieram muitas orientações que, pra mim, são inúteis, equivocadas ou então praticamente impossíveis de colocar em prática.

Ouvi várias opiniões desnecessárias desde que engravidei pela primeira vez. Aliás, acho que ouvir pitacos faz parte da maternidade. Como em outras áreas da vida, tento absorver só aquilo que me interessa.

Reuni aqui algumas pérolas. Junto vão as minhas respostas, mesmo que só em pensamento:

  1. “Não se esqueça de fazer movimentos circulares ao escovar os dentinhos do bebê”. Até hoje não consegui fazer isso.
  2. “Ela praticamente não dormiu durante o dia e dá pra ver que está exausta. Hoje à noite vai dormir super bem”. Não, provavelmente vai ter xiliques e uma noite agitada.
  3. “Ah, não faz mal dar um paracetamol no final da tarde. A criança fica calminha”. Claro, ela tá drogada.
  4. “Pra que sofrer de dor de parto? Faz uma cesariana”. Ahã, e se recuperar de uma cirurgia, ainda mais com um recém nascido, é tranquilo, né? Isso sem falar dos benefícios do parto normal.
  5. “Aproveite para dormir enquanto a criança tira uma soneca”. Não conheço uma mãe que não use pelo menos parte do “intervalo” para colocar seus afazeres em dia.

E vocês, quais foram os piores conselhos que já leram ou ouviram por aí?

Leia também: Encantadora de bebês e outros livros para pais

Anúncios

7 respostas em “As cinco piores dicas para pais

  1. O pior conswelho q escutei é q minha bebê de 3 meses está muito gordinha (só toma leite no peito, livre demanda), e por estar gosdinha eu deveria dar só a cada 4 ou 5 horas para ela perder um pouco de peso!!! Gente ng merece isso!!! Só rindo, rsrsr.
    Bjus Gisele.

  2. Hahahaha muito bom! Eu já ouvi uma infinidade de baboseiras que entraram por um ouvido e saíram pelo outro rapidinho.
    Lembro que tive que relutar muito para não dar chazinho para Laura quando ela era recém nascida (sim, pois muitos não entendem que só o leite materno é suficiente).
    Outra coisa, “a criança tem que se acostumar a ficar em local barulhento”. Nas poucas vezes que tive que fazer isso com a Laura, ela teve noites terríveis.
    E por aí vai….

  3. ai… tive tanta dificuldade na amamentação e perdia a paciência com as pessoas que diziam que é a melhor alimentação para o bebê… Tenho culpa q não funcionou comigo mas precisa ficar falando toda hora?! bjosss

  4. Olá Cecília!
    O seu post é bem interessante, acho mesmo que os pais sofrem muito com as opiniões que nem sequer foram pedidas. Uma vez li um comentário escrito por alguém, que dizia: “quando estamos grávidas todos viram obstetras e depois do bebé nascer todos viram pediatras”. Mesmo a propósito dos conselhos dados a recém pais. Nossa, é um saco mesmo, isso irrita-me a sério. rsrsrsrs
    Detestei ouvir coisas como: “o bebé chora tanto, se calhar não tens leite suficiente e ele fica com fome”, “se ele não dorme então está na altura de fazer o tratamento de choque e deixá-lo chorar sozinho no quarto até se calar”, “vocês mimam demais o miúdo e depois ele faz de vocês o que quer”…
    E essa de “aproveita para descansar quando o bebé está a dormir” eu também não achava piada nenhuma, tinha que aproveitar esse tempo para fazer coisas que eu queria senão dava em doida. rsrsrsrsrsrs Quando tinha possibilidades, quando não tinha, também aproveitava para fazer tarefas domésticas. :-)
    Ah outra que também ouvia e ainda ouço: “quanto mais os bebés dormem, mais querem dormir”. ihihihihihih Essa não se aplica nada ao meu filho, se ele dorme de tarde, à noite é bem mais difícil adormecê-lo. Aquilo que mais tenho aprendido com a Maternidade é que cada criança é única, o que funciona com umas pode não resultar com outras. :-)

  5. Um conselho péssimo é o que alguém já comentou aqui em cima, de acostumar o bebê com o barulho! Sim, vou levar a criança em um show de rock para que ele aprenda que existe barulho no mundo. Palpite desnecessário! Beijos e obrigada pelo carinho no blog em relação ao aniversário do Vítor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s